O conceito por trás da Cabana Angatu

A Cabana Angatu foi assinada pela Arquiteta Gabriela Eloy em parceria com a Perfar e, no blog de hoje, ela explica toda a inspiração, conceito e processo criativo por trás desse espaço incrível criado para a CASACOR Rio 2023:

“A Cabana Angatu foi inspirada na Região Serrana do RJ, em Itaipava, que é um nome tupi-guarani. Foi daí que surgiu a inspiração do nome ANGATU, que em tupi-guarani significa “bem-estar, felicidade e alma boa”, e essas eram as sensações que eu queria despertar nos visitantes.
Concretizar este conceito foi um desafio, e como são os desafios que me movem, andei lado a lado com eles em todos os momentos da execução do projeto.
No primeiro momento, uma grande dúvida: acompanhar a forte tendência atual ou seguir a minha essência? Confesso que, por alguns dias, tentei seguir as tendências, fugindo totalmente do que costumo pregar. Quem me conhece sabe que não gosto de me render a elas, mas quis tentar. O mais curioso foi que eu não consegui!
Os dias iam se passando, os riscos na tela surgiam e sumiam, e eu não gostava de nada do que via ali. Até que, sem perceber ou lutar contra ela, a minha essência venceu a batalha mais uma vez e foi apagando as linhas da tendência. Isso não ficou nítido para mim inicialmente, mas de uma hora para outra, comecei a ficar mais feliz com o volume que vinha surgindo. Era, mais uma vez, um volume modernista, linhas limpas, retas e sem muita interferência. Concreto, pano de vidro, espelho d’água... Pronto! Arquitetura resolvida.
Na área interna, eu queria muito aconchego, por isso o uso exagerado da madeira, abuso nas curvas e uma marcenaria impecável que abraça o ambiente.
Brises de madeira delimitam os dois ambientes. Cortinas em linho quase apoiadas de forma despretensiosa em toda a extensão da pele de vidro. Claro que grandes nomes como Zalszupin e Niemeyer tinham que surgir ali, né?! Mas, novamente, esses visitantes icônicos com peças extremamente marcantes surgiram de forma inconsciente.”

Arquiteta Gabriela Eloy

Com a delicadeza da Gabriela, este projeto se tornou mais do que uma estrutura arquitetônica, é um convite a introspecção e a conexão com a nossa essência, um refúgio que une elementos da natureza e linhas orgânicas para explorar a nossa identidade.

Mais Posts
Os Arcos e as Curvas: uma tendência que valoriza o contemporâneo!
Veja
Sofisticação e simplicidade, a essência do Minimaluxo!
Veja
5 impressões da nossa jornada no iSaloni 2024
Veja
A Decor Dopamina e a Estética Alegre
Veja